Páginas

quarta-feira, 9 de abril de 2014

MANDAMENTOS DE BOA CONVIVÊNCIA



A paz começa em nossa casa e deve continuar em nosso ambiente de trabalho. Afinal é nele que passamos a maior parte do tempo. Entendo que o conteúdo desse texto poderá levar a paz entre as pessoas que convivem quase 10 horas do dia juntas, no ambiente corporativo, pessoas que estão em família, amigos ou grupos sociais.
A tarefa não é fácil, mas, juntos, conseguiremos formar uma futura geração mais ética, responsável e respeitando o direito do próximo.
As dicas aqui apresentadas não parecem novidade, mas quando nos deparamos com certas situações no dia-a-dia, observamos que as pessoas esquecem e só pensam em praticar “a sua lei”, querendo obter vantagens pessoais à custa da humilhação, desrespeito e falta de educação para com seus pares e com a sociedade. 

Digo sempre aos meus alunos: não somos obrigados a "gostar" do colega de trabalho, mas devemos respeitar e melhor conviver para que nosso dia na empresa não vire um tormento.
É uma leitura de reforço às boas práticas, portanto sugiro que seja lida, refletida, internalizada, compartilhada e PRATICADA por todos.


MANDAMENTOS DE BOA CONVIVÊNCIA NO TRABALHO

1- Lembre-se de que você é um ser social; você precisa dos outros e os outros precisam de você. É a união que faz a força.

2- Controle as suas palavras, fale o necessário e em um tom de voz agradável.

3- Não magoe os outros com brincadeiras de mau gosto ou palavras ofensivas.

4- Não comente os defeitos alheios nem faça mexericos.
5- Tenha uma mente aberta para respeitar as opiniões dos outros e saiba discordar sem ofender.

6- Seja alegre e otimista. Irradie em volta de si um ambiente de bondade e confiança.

7- Mostre interesse por tudo que os outros fazem ou gostam. Alegra-se com os que estão alegres e dê seu apoio aos que estão em dificuldades.

8- Elogie os bons trabalhos, mesmo que não saiba quem os tenha feito.

9- Faça poucas promessas e cumpra-as.

10- Não seja mercenário a ponto de só fazer o bem a troco de recompensas. 


REGRAS GERAIS DE BOA CONVIVÊNCIA

• Seja alegre e comunicativo. Um “bom dia”, um “alô” custam pouco e rendem muito;

• Seja simples e modesto. Se você possui qualidades “notáveis”, cedo ou tarde os outros notarão isso, como também descobrirão suas imperfeições;

• Não economize sorriso: de todas as moedas circulantes no comércio da vida, o sorriso é a que compra maior porção de alegria pelo menor preço;

• Por falar nisso, não compre briga porque sai caro;

• Interesse-se pelos outros. Só assim os outros acharão você interessante;

• Seja um bom conversador deixando que os outros falem mais;

• Seja otimista. Quem vê tudo na existência pelo lado sombrio do derrotismo raramente cruza com amigos na rua porque a maioria deles dobra a esquina para escapar do encontro;

• Faça aos outros, em lugar de críticas, quantos elogios puder fazer honestamente. As pessoas de um modo geral adoram ouvi-los e quando os recusam talvez no fundo esperem ser elogiados por isso;

• Com os inimigos, declarados ou gratuitos, mantenha a sobriedade do cavalheirismo. Não fale mal por trás nem perca uma oportunidade de reconciliação, dando o primeiro passo, pois nada lhe garante que no dia seguinte um deles não seja a única pessoa capaz de “salvar a sua vida”;

• Compreenda que as pessoas que pensam diferente estão sinceramente convencidas de que o errado é você.



OS 10 MANDAMENTOS DA CASA/TRABALHO

1- Se você acendeu, APAGUE
2- Se você abriu, FECHE
3- Se você bagunçou, ARRUME
4- Se você quebrou, CONSERTE
5- Se você não sabe consertar, CHAME ALGUÉM QUE SAIBA
6- Se você necessita de algo que não lhe pertença, PEÇA
7- Se você não sabe como funciona, NÃO MEXA
8- Se você pediu emprestado, DEVOLVA
9- Se você levou, TRAGA
10- Se não lhe diz respeito, NÃO SE META.

Obs: Não se esqueça de que o local do seu trabalho é a sua 2ª casa.


_________
Extraído do livro de Sonia Jordão: A Arte de Liderar – Vivenciando Mudanças num Mundo Globalizado.

Um comentário:

  1. Seu blog é encantador, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário. Abraço fraterno.António.
    António.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!