Páginas

terça-feira, 29 de julho de 2014

COMPETITIVIDADE PROFISSIONAL - SER COMPETITIVO OU SER COMPETIDOR?

A empresa que busca a competitividade empresarial obtém uma satisfação às necessidades do cliente e consegue uma rentabilidade maior no mercado. A competitividade é passada para os profissionais e vem sendo encarada como um ponto positivo. A visão de que ela causa rivalidades e brigas já está sendo eliminada.
Ser competitivo estimula os profissionais no ambiente de trabalho a se esforçarem em busca de bons resultados e pode ajudar a empresa a alcançar o sucesso com mais rapidez.
Quando se trata de ambiente corporativo, existe uma diferença entre competitividade e competição: A competitividade é saudável, é a autossuperação, é buscar sempre o seu melhor. A competição é querer superar o outro, ser melhor e vencer. Isso acontece nem sempre da maneira mais ética e justa. Ganhar posição ou admiração se utilizando de práticas desonestas não significa ser competitivo, mas desleal e desonesto.
      Ser competitivo faz bem ao profissional. A disputa é fundamental para o desenvolvimento da carreira e para o sucesso da empresa em que trabalham.
      Para manter um bom clima de competição as organizações devem ter regras claras, como meritocracia e plano de carreira, ou seja, transparência na forma como acontecerá uma promoção ou a conquista de um bônus. Práticas assim são fundamentais para que não haja conflitos entre funcionários.

Não se pode confundir ambiente competitivo com clima pesado, carregado. A postura das pessoas faz toda a diferença neste sentido, e um clima saudável de competição depende de funcionários com atitudes leves e respeitosas no dia a dia. A competição trabalha, por exemplo, a comunicação interpessoal, a solução rápida de problemas, o respeito a ideias contrárias e as negociações.
Mesmo sem regras explícitas, o universo corporativo é fundamentado em competição. Por mais “simpática” que seja a relação entre colegas de trabalho, para crescer profissionalmente e ser competitivo no mercado o trabalhador tem que vencer desafios, tanto na empresa onde atua, como no mercado de trabalho. Profissionais treinados a desenvolver as características da competitividade conseguem alcançar mais rapidamente os objetivos e aumentar os resultados.
 A seguir relacionam-se algumas atitudes que auxiliam um profissional ser competitivo:
- Tomar decisões: É importante que o colaborador aprenda a tomar decisões rápidas e certas. Saber buscar as informações que estão à sua volta é fundamental. Mas deve-se ter cuidado com a rapidez, porque para muitos especialistas, esses trabalhadores também costumam ser rápidos demais quando tomam decisões, o que nem sempre é positivo. As decisões, mesmo as mais urgentes, precisam ser repensadas, porque se forem tomadas sem cuidado pode vir a gerar, por exemplo, retrabalho e isso desgasta a equipe.
Os profissionais competitivos querem decidir logo, tirar o problema da frente e nem sempre observam detalhadamente todos os elementos envolvidos, dessa forma nem tudo deverá sair conforme o planejado. Como ele está muito preocupado em atingir metas e mostrar resultados, deixa de prestar atenção ao que está em sua volta, podendo perder informações importantes. A pessoa muito competitiva acaba não dando ouvido aos outros. Ele se torna um profissional muito autocentrado e insensível ao próximo. Chega a não observar qual a percepção dos outros em relação ao seu próprio desempenho. É preciso saber ouvir. Fator de grande importância para boa tomada de decisão.
- Ser Diferenciado: É necessário se diferenciar dos demais. Colocar em prática suas habilidades é uma forma de mostrar suas competências, agregar valor e buscar bons resultados, uma vez que isso fará com que você ganhe destaque como profissional.
- Ser Flexivel: As mudanças acontecem todos os dias e é importante que você consiga lidar com cada uma delas positivamente. Estar sempre pronto é uma forma de se destacar e aprender a lidar com situações adversas. 
- Inovar: ter novas ideias, criar novas soluções, se destacar no mercado e diferenciar-se dos seus concorrentes, ser inovador, criar um ambiente propício ao desenvolvimento da equipe, gerar valor e, com isso, alcançar resultados mais expressivos.
       A competitividade é uma forma dos colaboradores mostrarem seu trabalho, suas facetas e se superarem no dia a dia, mas é claro respeitando a ética profissional. Num ambiente competitivo, a diversidade de ideias é muito positiva, uma vez que os profissionais têm a oportunidade de propor inovações e criar soluções de acordo com as necessidades apresentadas. Buscar funcionários competitivos é fundamental para o crescimento de toda empresa. Neste sentido, a procura por eles aumenta a cada dia e, com certeza, aqueles que tiverem este perfil estarão um passo à frente de seus concorrentes.

Compartilhar conhecimento auxilia a crescer na carreira. Um dos maiores medos dos profissionais competitivos é perder sua posição. Em decorrência disso, acabam concentrando as informações e têm grande dificuldade de passar conhecimento para os demais membros da equipe. Para ser um gestor, porém, é preciso saber desenvolver pessoas e multiplicar conhecimento. Ao disseminar conhecimento a pessoa se desenvolve mais, tornando-se um gestor mais maduro.

Conclusão
Sabe-se que o aprimoramento constante torna o profissional competitivo, então acompanhar as tendências do mercado na área de atuação é um compromisso do profissional que deseja agregar conhecimento e manter-se competitivo. É também uma forma de diferenciar-se de outros colegas de uma maneira positiva e competente.
Para candidatos na busca por uma oportunidade no mercado, não é diferente. A necessidade de inovação hoje é constante. Um colaborador atualizado sabe lidar melhor com os desafios que surgem e com as novas tecnologias. Para as empresas, mostra que o candidato se preocupa com o desenvolvimento profissional. Além de buscar profissionais antenados com as novidades, as empresas precisam de colaboradores dotados de habilidades comportamentais atreladas ao cargo e à cultura corporativa. Bom domínio da comunicação, espírito de liderança e de equipe, capacidade de administrar o tempo, dentre outras.
Segundo o consultor Leonardo Fraiman “Autoconhecimento é fundamental. Conhecendo-se melhor, o profissional sabe quais são suas habilidades, suas dificuldades, seus limites, ou seja, em que ponto tem maior facilidade e em qual precisa investir mais.” Para Fraiman, a harmonia do profissional com a sua carreira e com o mundo depende ainda da busca pela informação. “O bom profissional precisa acompanhar jornais, revistas, sites com informações de qualidade, estar sintonizado com nomes de referência nas redes sociais. Além disso, ler bons livros, ver bons filmes, manter a bagagem cultural sempre aguçada."

E você, está fazendo o que para ser um profissional mais competitivo?
 

Referências:
Admnistradores.com
Foto: Google imagens

terça-feira, 22 de julho de 2014

Grandes Dicas Sobre Carreira Profissional*



            Quando li o texto abaixo, achei muito apropriado ao funcionário que quer se sair melhor na carreira ou no cargo que está ocupando. São dicas interessantes do consultor Paulo Sérgio Buhrer, que complementei em função da minha experiência como professora e profissional na área de gestão. São sugestões simples para quem quer ser bem sucedido na profissão. Isso não significa dizer que vá subir imediatamente de cargo e ganhar uma fortuna, mas estará galgando mais um degrau nesse sentido.

            Aproveite e Sucesso!!


1ª. FAÇA MAIS QUE O COMBINADO
             Ninguém ganha mais por fazer aquilo que combinou com seu chefe. Normalmente as pessoas nem isso fazem. Por isso, decretam o fracasso logo que começam numa profissão. Para ter uma carreira de sucesso, faça mais do que o combinado, não importa se a empresa é boa ou ruim, se o chefe é uma pessoa boa ou ruim. A maioria pensa logo: “meu chefe não merece” ou “não vou ganhar mais por isso”.
            Enquanto estiver na empresa, vá além. Procure fazer dentro dos padrões e das necessidades, evidente, sem parecer um “puxa-saco”, mas mostrando que determinado trabalho poderá ser melhorado e sua intenção é levar bons resultados para a empresa.
            Reflita: o que você faz além do combinado, mesmo sem receber um centavo, imediatamente, por isso?


2ª. TRABALHE NA ESCURIDÃO
            Sim, trabalhe na escuridão. Gente de sucesso trabalha enquanto as outras dormem. Não significa ser um maluco por trabalho e deixar de lado todo o resto. Quer dizer apenas que você precisa se dedicar fora do comum, em horários onde quem reclama da vida está assistindo novela ou no boteco jogando bilhar. Você também pode ver novelas, e pode jogar bilhar, enfim, pode fazer o que quiser, mas, sabe que na hora em que a coisa pega, você precisa ter disposição para trabalhar qualquer horário.
            Reflita: você lê em casa? Você estuda seu produto, mercado, a concorrência fora do horário normal de trabalho? Você pergunta se seu chefe precisa de ajuda depois do expediente? Cancela algum compromisso se for necessário?


3ª. HONRE SUA PALAVRA
            Antigamente, por exemplo, existiam as mercearias e os chefes de família sempre compravam fiado, não porque gostavam, mas, porque o dinheiro acabava antes do final do mês. Não assinavam qualquer documento ou recibos. 
               A primeira coisa que eles faziam quando recebiam o pagamento era passar em todas as mercearias para pagar a conta.
            Hoje, infelizmente, vemos muita gente sem palavra, e, no aspecto profissional, a honra da palavra não passa do fim do período de experiência. Jamais quebre o que combinou, e, se for para quebrar, que seja para fazer mais e melhor. Caso a empresa onde trabalhe não cumpra o que prometeu, cumpra você. Logo surgem oportunidades para quem tem o coração limpo.
            Reflita: Você tem coragem de olhar para o espelho e dizer: eu sempre cumpro minha palavra?


4ª. VALORIZE PEQUENAS COISAS
            Não importa qual profissão você exerce agora nem quanto você ganha com ela. O que realmente importa é você valorizar o que tem no momento. Os indianos dizem que Deus tira tudo o que a gente não agradece ou não valoriza. Acredito nisso e vejo funcionando o tempo todo. Se você for mecânico, não reclame da vida, do salário, do chefe, da graxa. Faça o seu melhor trabalho como mecânico, até que Deus olhe pra você e pense: “Puxa, esse cara é um excelente profissional, nunca reclama de nada, ganha pouco, mas doa sua alma no trabalho. Vou dar um jeito de melhorar a vida dele”. Isso vale para todas as profissões. Seja você gari, porteiro, ajudante, assistente, secretária, empregado (a) doméstico (a), taxista, engenheiro, eletricista, pintor, professor. Nunca menospreze o trabalho que está na sua frente. É nele que você encontra dignidade e tem a oportunidade de mostrar a Deus, e ao mundo, o quanto você é bom, e, aí, o resto Ele faz, por conta própria ou usando alguém.

           Reflita: Existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas que escolhem ser felizes e aquelas que optam por ser infelizes. A felicidade não vem da fama, da fortuna ou de bens materiais. Ela vem de dentro. A pessoa mais rica do mundo pode estar miseravelmente infeliz, enquanto um que não tenha tantos recursos pode estar sorrindo e contente com a sua vida. As pessoas felizes o são porque se fazem felizes. Elas têm uma visão positiva da vida e permanecem em paz com elas mesmas. E você está fazendo o que por sua felicidade?

 

5ª. ESFORÇO VALE POUCO
            É verdade, esforço vale pouco no mundo corporativo. O que vale são resultados. Claro que para você atingir resultados tem que, além de muita coisa, se esforçar. Mas as empresas não seguram muito tempo quem só se esforça, porque erra mais, dá prejuízo e é chamada de incompetente. Conheço muita gente esforçada, dedicada, no entanto, que vive cometendo os mesmos erros, dando resultados medíocres. É como o gerente financeiro que é esforçado, mas, um belo dia chega ao diretor geral e diz: “Senhor, me esforcei, mas errei nos investimentos e estamos à beira de um colapso”. Se esforce, porém, para dar resultados. Não acredite na história de que o esforçado vai longe. O que o leva longe são os resultados que você apresenta.

            Reflita: você tem apresentado bons resultados?


6ª. CONTINUE
            Sim, a vida da gente é um ato contínuo, não tem fim como nos romances,  novelas e filmes.
DOEU? Continue...
SOFREU? Continue...
FRACASSOU? Continue...  CAIU? Levante...
É UM SUCESSO? Siga em frente...
DEU ALGUNS PASSOS PRA TRÁS E JÁ SE ACHA VELHO PARA TENTAR NOVAMENTE? ...Tome impulso (e fôlego) e continue.

            Na vida, não importa quantas vezes as coisas deram errado, não importa quantas vezes parou. O que vale é o ato de continuar, apesar de tudo, e só escrever fim depois de ter feito tudo, mas absolutamente tudo para que desse certo. Se fizer isso, dá certo, sem dúvida. Continue...

Reflexão Final: 



_______________________

*Fonte: Paulo Sérgio Buhrer 
Qualidade Brasil - O seu portal brasileiro de Gestão 
Imagens: google imagens

quinta-feira, 17 de julho de 2014

NOTA PUBLICADA PELO JORNAL DO COMMERCIO

           Caros, posto a nota publicada com o irresponsável engano do Jornal do Commercio.

            Reforço que a nossa Metropolitana é a FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE RECIFE.
Existem algumas "metropolitanas" pelo país, a exemplo dessa da Bahia que foi descredenciada. Me admira um meio de informação tão antigo e com profissionais tão competentes,  não ter se preocupado em ler o parecer do MEC ou de, pelo menos, ter procurado em sites de busca qual a faculdade metropolitana foi descredenciada.

Profissional dos meios de comunicação, antes de veicular notas irresponsáveis, pesquisem na fonte original. Vender jornal em cima de notícias inverídicas não é ético.
Fica a Dica!!!!!



terça-feira, 15 de julho de 2014

ESCLARECIMENTO SOBRE FACULDADES DESCREDENCIADAS PELO MEC

Por maldade ou desconhecimento foi divulgado que a Faculdade Metropolitana estava na lista de instituições de ensino  descredenciadas pelo MEC. 
Peço, a quem ler determinadas notícias, que busque a fonte e pesquise para saber se é verdade. Isso acontece, por exemplo, com links, vídeos, índices de pesquisa etc, divulgados nas redes sociais e que são inverídicos.  

A Metropolitana divulgada não é a "nossa", como poderá ser lido na nota a seguir. Quem estiver interessado, poderá também ler o conteúdo do parecer do MEC, na íntegra, acessando o  link do Jusbrasil.

Cuidado!! Informação é muito importante, mas a desinformação pode levar ao desespero, engano e uma grande confusão.

Reforço que a "nossa" Metropolitana (Faculdade Metropolitana da Grande Recife) continua crescendo e formando profissionais sérios e competentes, aptos a atuarem no mercado de trabalho.

É uma instituição de ensino que orgulha Pernambuco.

Divulguem!

    

O jornal Folha de São Paulo, em sua edição de ontem, 14 de julho, publicou matéria em que informa que 27 faculdades em todo Brasil foram descredenciadas pelo Ministério da Educação. Uma delas se chama “Faculdade Metropolitana” e se localiza no estado da Bahia. Nada tendo a ver com a nossa casa, que segue “transformando vidas através da educação”.
A Faculdade Metropolitana da Grande Recife vive hoje uma das fases mais pujantes de sua história, com mais de duas dezenas de cursos em pleno funcionamento, uma contínua melhoria infraestrutural de seu campus e a contratação de mestres e doutores para o seu quadro docente e administrativo.
É somente a desinformação ou a maldade que leva alguém a fazer e publicar uma associação entre nós e aquela faculdade baiana.
Segue o Link do Diário Oficial onde existe a noticia por completo, lembrando que são Faculdades que já estavam sem atividades.
http://www.jusbrasil.com.br/diarios/72939520/dou-secao-1-14-07-2014-pg-39

http://www.metropolitana.edu.br/2014/07/nota-de-esclarecimento/

segunda-feira, 7 de julho de 2014

SOMOS TODOS METROPOLITANA



Corra, ainda há tempo para começar seu curso superior. 
Indique alunos e ganhe descontos.

 

Orientações:

1. Alunos veteranos.

·       Cada aluno indicado o veterano receberá R$ 30,00 de desconto por mês.  O total de desconto por aluno indicado será de R$ 150,00 e que os descontos já serão a partir de agosto.

·       Para alunos de FIES 100% o valor de R$ 150,00 por aluno será pago em 10 de outubro, em uma única parcela.

Importante: No caso de indicação é preciso que o aluno indicado informe na tesouraria quem foi que indicou.

As rematrículas devem ser pagas até 10/07 ou ser feito o requerimento de mudança de data para até o dia 25/07. Após esta data será cobrado o valor do segundo desconto.

2. Alunos transferidos para outras IES que retornarem.

No caso de retorno de aluno transferido será cobrado a matricula de R$ 199,00 e isento de pagamento da mensalidade de agosto, iniciando os pagamentos das mensalidades a partir de Setembro

3. Alunos não matriculados em 2014-1 que estavam em situação regular sem débitos com a Unesj e que não se transferiram e estão em abandono, serão isentos da taxa de retorno após abandono e também entrarão na condição de matricula por R$ 199,00 e pgto a partir de Setembro.

4.  Alunos não matriculados em 2014-1 que estavam com débitos com a Unesj e estão em abandono, será mantida a politica de renegociação de ativos até 25/07, isentos da taxa de retorno após abandono e também entrarão na condição de matricula por R$ 199,00 e pgto a partir de Setembro.

5. Alunos inativos por abandono (sem notas) devem ser convidados a fazer o cancelamento de contrato sem ônus das parcelas vencidas e rematrícula, como se abandono fosse, nas mesmas condições acima.

6. Alunos de Vestibular ou Enem, portadores de diploma ou em transferência de outras IES também terão Matricula de R$ 199,00 e pagto a partir de Setembro.

7. Alunos egressos também deverão ser contatados para a campanha de indicação sendo que o beneficio dos R$ 150,00 por aluno serão pagos em outubro, na festa dos 13 anos da FMGR.


 E mais.....


 http://www.metropolitana.edu.br/