Páginas

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Sonho...Solidão (Carmen Lúcia Couto)



Sonho...solidão


Sonho , mar...solidão

Vida com a liberdade,

de um amor perdido,  solto...

à deriva numa embarcação.

O mar sereno, embala a alma...

Cara, gosto, boca...tentação.



Corpos molhados caminham na areia,

mãos que tocam em cada sentido,

deixando digitais tatuadas no corpo,

manchas na pele, cheiro na noite.

É um vício que corre nas veias,

vem, acorrenta, entorpece e cala.

Como mentes dispersas num sonho,

que enlaçam segredos, secam lágrimas e

amargam uma ilusão.



O desejo paira na atração do olhar,

e mistura o querer, o amar e o sentir prazer,

em cada beijo, cada gota e cada sussurrar.

Deixando um clamor forte e uma triste escuridão,

propagando a sensação da partida e do adeus.

Dos amantes pedidos ...queridos,

porém esquecidos na solidão.

 google imagens

...Hoje se parte.
Partir é uma arte que faz tudo ser recordação.

(Cartão Postal - Toquinho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Obrigada!