Páginas

domingo, 20 de janeiro de 2013

Ócio Criativo ou Férias?


Carmen Lúcia Couto

“O futuro pertence a quem souber libertar-se da ideia tradicional do trabalho como obrigação ou dever e for capaz de apostar num sistema de atividades, onde o trabalho se confundirá com o tempo livre, com o estudo e com o jogo, enfim, com o “ócio criativo”(De Masi).
  
Muitas pessoas passam o ano sonhando com o tão esperado período de  férias, mas quando este chega, para aquelas que não estão com uma programação prévia ou encontram-se numa fase de poucos recursos financeiros, surge a pergunta: o que fazer?
O sociólogo Domenico De Masi em sua obra o Ócio Criativo defende uma teoria onde o futuro é de quem souber libertar-se da ideia tradicional do trabalho como obrigação e for capaz de mesclar atividades, como o trabalho, o tempo livre e o estudo. 

 google imagens

De Masi já vêm popularizando essa tese ao redor do mundo há mais de dez anos. Para o autor, trabalho e lazer não devem continuar a ser como a água e o óleo. Então, no período de férias, pode-se tentar praticar a teoria do “ócio criativo”, que tal?
É nessa fase que estamos mais relaxados, isso pode vir a facilitar a geração de novas ideias.
As férias também servem para mais leitura, aprender coisas novas, fortalecer relacionamentos, colocar a criatividade em ação, ir ao cinema, teatro,  palestras e cursos de curta duração.


google imagens

O termo “férias” vem do latim feriae que significa “dia de descanso”. No Brasil, são 20 ou 30 dias dedicados à recarga das energias gastas em um ano de trabalho. Nada mais justo e recomendado para a saúde. Quando estamos de férias nos entregamos ao ócio. Esse termo surgiu a partir de otius que quer dizer “folga, repouso, lazer”. De Masi não prega o ócio pelo ócio, mas sim uma forma diferente de trabalhar, já que a produção criativa se assemelha em grande parte aos nossos momentos de prazer, convívio social e lazer. Então, aproveite mais seu tempo livre, porque se entregar completamente ao ócio, cansa!!!
Concorda?

No vídeo abaixo pode-se entender a aplicação do termo no dia- a-dia das empresas. É necessária uma mudança cultural e o verdadeiro entendimento do significado do ócio criativo para o ambiente corporativo e sua influência na criatividade das pessoas.



3 comentários:

Seu comentário é muito importante. Obrigada!