Páginas

sábado, 28 de janeiro de 2012

Carmen e Luz da Rocha



                      Teu nome tem a sonoridade da vida
                      soa na pele do tambor
                      ecoa no leito da rocha
                      feito lava incandescente
                      Carmen crua
                      Carmen nua
                      deixa-me dedilhar tua lua
                      tantas voltas vamos cirandar
                     Teu beijo tem a intensidade do fogo
                      leve no toque do lábio
                      adoça a boca da rocha
                      feito mel efervescente
                     Carmen dança
                     Carmen trança
                     deixa eu pontilhar a teia
                     tantas voltas vamos cirandar
                     
                      (By um amigo)


Luz da Rocha
 
Dizem que a rocha é rígida
Dizem que a rocha não mexe
Mas a rocha é só simpatia
Só beleza e harmonia
A rocha canta, vive e dança
A rocha transmite alegria
Luz do sol
Luz do dia
Refletem na rocha raios de verão
Rompem a carne do silêncio
E invadem a solidão
Rocha que se desmancha
E penetra no leito do rio
Ao som do sussurro do vento 
Do ardor do momento
E da explosão do cio
Rocha que se mistura com a flor
Embala o Poema
E faz nascer o amor

(By Carmen)

Um comentário:

  1. que inspiração. Linda homenagem a senhora merece. ric

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!