Páginas

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Cuidado com as postagens nas redes sociais

(By Carmen Fonseca)
Circulou recentemente uma onda nas redes sociais: “só faltou Luiza que está no Canadá”. A brincadeira foi legal, engraçada e levada dessa forma pela própria. O que chama a atenção não é a brincadeira, isso já faz parte da criatividade do povo brasileiro, mas esse caso vem reforçar o poder das redes virtuais. Os paraibanos iniciaram uma piada local, que se tornou “mundial” (historinhas, músicas, propagandas e outros estão sendo formulados com essa frase). Observem, então, o BBB virtual em que está exposta a vida de qualquer mortal, que tenha ou não acesso à internet. Uma frase, uma careta, uma discussão ou um “mico”, alguém filma, joga na rede e vira um acontecimento nacional e até internacional. Bom, até, para uns, porque viram Celebridade 5 minutos ou Celebridade Miojo, como queiram. Mas, em termos profissionais, para quem está querendo uma vaga no mercado de trabalho, deve lembrar que o poder das redes sociais pode ou não auxiliar. As empresas estão consultando os perfis e postagens no orkut, facebook, twiter etc. As informações existentes não substituem os currículos (ainda!), mas auxiliam para se ter um item a mais sobre o comportamento do candidato. A maioria dos pretendentes a uma vaga não coloca os endereços dos seus sites de relacionamento no documento, mas algumas empresas já o pedem no ato da entrevista, outras vão à rede e pesquisam. Portanto, muito cuidado nas fotos com bebidas, cigarros, trajes inadequados ou “pega-pega”, são exposições desnecessárias. Caso queira postar um álbum para “zoar” com a turma, observe as configurações de privacidade. Mesmo assim, lembre que isso pode vir a manchar sua imagem como pessoa e como profissional, podendo desqualificá-lo em um processo de seleção. Para muitos usuários as redes são utilizadas como brincadeira, mas para outros é uma coisa séria. Hoje em dia Orkut, Facebook, Twitter, Linkedin e vários outros sites de relacionamento são instrumentos de network poderosos. Evite frases, links ou comunidades do tipo “odeio acordar cedo”; “odeio meu chefe”, “eu tomo todas” etc. Se já está empregado, evite falar mal da empresa, do chefe ou do colega. Ao montar o perfil inclua informações sucintas e importantes. Se for já direcionado para alguma empresa, é importante ajustá-lo às exigências dessa empresa e de acordo com a área profissional que pretende atuar. É importante incluir também projetos ou trabalhos executados, bem como ações voluntárias (não esqueçam isso!).
Ah! E uma boa redação, por favor!
   Então, já que estamos sendo observados, vamos aparecer bem no filme, não acham? Caso contrário, ficaremos fora da promoção, como a moça da Paraíba ou iremos parar no paredão para sermos eliminados da empresa.
Quem arriscará!?!?!


3 comentários:

  1. PROF. CARMEM, INTERESSANTÍSSIMA SUA COLOCAÇÃO AO TERMO REDE SOCIAL, POIS RECENTEMENTE FUI ALVO DE UMA CÓLERA "ONDE A PESSOA" INTERPRETOU ESSA PALAVRA COMO SE FOSSE COLEIRA DE CÃO, ME XINGANDO COM PALAVRAS DE BAIXOS TERMOS, ENTÃO SEU CONSELHO AQUI É IMPORTANTE, POIS MUITAS VEZES AS PESSOAS NÃO SABEM OU NÃO PÁRAM PELO MENOS PARA LER OS NOSSOS RECADOS OU NOSSAS RESPOSTAS AOS SCRAPS ALÍ DEIXADOS, BJS E PARABÉNS PELOS TEXTOS.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! As redes estão ai para serem utilizadas, mas devemos ter cuidado. Bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!